Confira os destaques da TV Justiça para o fim de semana

Sexta (26)

20h30 – Iluminuras
O programa recebe o poeta, ator, contador de histórias e escritor Elizeu Braga, destaque na cena artística e literária da Região Norte do país. Ele integra a Beradera Companhia de Teatro e é ativista cultural da Casa Arigóca, importante espaço cultural de Porto Velho (RO). Braga é autor dos livros “Cantigas” e “Mormaço”, lançados de modo independente a partir de um trabalho coletivo de publicações feitas, principalmente, através do reaproveitamento de papelão.
Reapresentação: 27/2, às 3h30 e às 21h30; 28/2, às 22h30; 22/2, às 19h30; 2/3, às 9h30 e às 22h; 3/3, às 10h; e 4/3, às 10h e às 22h30.

21h – Repórter Justiça
O programa fala sobre o aumento da oferta de alimentos artesanais na pandemia e mostra que, para ajudar pequenos produtores, empresas estão se especializando no desenvolvimento de rótulos. O serviço nas gráficas aumentou, e até um selo de qualidade foi lançado para atestar se o alimento é mesmo artesanal. O Repórter Justiça conta a história de uma criança alérgica a proteína animal que foi parar na emergência de um hospital porque tomou um sorvete supostamente vegano. Também mostra a dificuldade de pessoas alérgicas a produtos de limpeza e cosméticos para encontrar soluções que não causem alergias.
Reapresentações: 27/2, às 10h30 e às 20h30; 28/2, às 18h30; 1°/3, às 7h30 às 20h30; 2/3, às 6h30 e às 21h30; 3/3, às 13h30; e 4/3, às 12h.

Sábado (27)

7h30 – Plenárias
O programa exibe o julgamento em que o Plenário do STF decidiu que lei complementar é obrigatória para cobrança de diferenças do ICMS. Também mostra decisão da Corte de que a lei do RJ que limita ligações de telemarketing aos dias de semana e ao horário comercial é constitucional. Destaque, ainda, para o início das comemorações pelos 130 anos da Suprema Corte no período republicano, a serem celebrados no próximo dia 28.
Reapresentações: 27/2, às 17h30; 28/2, às 7h30 às 14h30; 1°/3, às 11h30; 2/3, às 7h; 3/3, às 6h30; e 5/3, às 6h30.

12h30 – Preservar é Lei
O programa fala sobre a produção de energia limpa no Brasil. O procurador da República Leandro Mitidieri e o doutor em Economia aplicada à Energia Juan José Verdesio Bentancurt explicam como as leis brasileiras podem contribuir para o desenvolvimento energético no país sem prejudicar o futuro das próximas gerações. Nesta edição, o Preservar é Lei mostra, ainda, uma iniciativa no Rio de Janeiro que tem levado aos moradores de algumas comunidades o acesso a placas de captação de energia solar.
Reapresentações: 28/2, às 4h e às 23h; 1º/3, às 6h30; 2/3, às 12h; 3/3, às 7h30 às 18h; 4/3, às 13h30; e 5/3, às 9h.

Domingo (28)

21h30 – Refrão
O Refrão exibe entrevista com a rapper MC Soffia, de apenas 16 anos. Ela é paulistana, e as letras das suas músicas falam de preconceito, racismo e autoestima. MC Soffia surgiu no cenário musical aos seis anos, no projeto “O futuro do hip hop”. Uma de suas canções, “Menina Pretinha”, viralizou nas redes sociais.
Reapresentações: 1º/3, às 12h e às 18h; 2/3, às 13h; 3/3, às 22h30; 4/3, às 20h; 5/3, às 13h30; 6/3, às 3h e às 18h30; e 7/3, às 3h30.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Supremo Tribunal Federal (STF) é a mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil e acumula competências típicas de Suprema Corte (tribunal de última instância) e Tribunal Constitucional (que julga questões de constitucionalidade independentemente de litígios concretos). Sua função institucional fundamental é de servir como guardião da Constituição Federal de 1988, apreciando casos que envolvam lesão ou ameaça a esta última.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

janela
Logo