Nova página eletrônica da Repercussão Geral aprimora pesquisas para usuários

Já está disponível no portal do Supremo Tribunal Federal (STF) a nova página de pesquisa avançada do menu relativo à Repercussão Geral, que foi reformulada para simplificar o acesso e oferecer mais opções para quem utiliza esse serviço. Além de passar por um processo de reestilização gráfica, a responsividade da página foi revisada, com o objetivo de proporcionar uma melhor experiência aos usuários, aumentar a segurança dos acessos e possibilitar pesquisas de forma mais acessível e intuitiva. O Plenário Virtual da Repercussão Geral também será atualizado para o novo formato.

O novo desenho da página da Repercussão Geral faz parte do projeto de modernização do portal do STF na internet. Segundo a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Supremo, a migração da página para o novo site permite que sejam agregadas novas funcionalidades. Além de novo desenho, a página tem também maior responsividade, possibilitando um acesso mais dinâmico nas diversas mídias, como celulares e tablets.

Comunicação mais dinâmica

A página da Repercussão Geral foi criada em 2007 e, embora tenha passado por uma atualização em 2017, seu formato manteve a proposta inicial. A pesquisa sobre repercussão geral é uma das principais fontes de pesquisa de outros tribunais, uma ferramenta de trabalho diário, especialmente dos núcleos de gerenciamento de precedentes e das equipes de admissibilidade de recursos extraordinários.

De acordo com o secretário de Gestão de Precedentes, Marcelo Ornellas Marchiori, com a reformulação, a nova página vai dinamizar a comunicação com o público externo, facilitando as pesquisas realizadas por tribunais, advogados e cidadãos.

Pesquisa integrada com jurisprudência

Entre as novidades, está a possibilidade de acrescentar novos valores de pesquisa. Posteriormente será implementada uma interação da pesquisa por temas de repercussão geral com a jurisprudência do Tribunal sobre determinado assunto, tornando a consulta ainda mais abrangente.

Outra importante funcionalidade é a oferta de links de pesquisa automatizados para cada um dos temas. Dessa forma, ao se pesquisar um determinado tema, a pesquisa será direcionada, também, para a uma página de jurisprudência, elencando os diversos precedentes sobre a matéria.

Segurança

Outra alteração foi no campo da segurança, com a introdução do sistema de captcha, o qual o usuário terá que preencher para garantir que a busca não está sendo realizada de forma automatizada. Os chamados robôs (bots), são programas que realizam tarefas automatizadas, como buscas em uma determinada página. Sua utilização pode aumentar excessivamente o tráfego de dados, causando lentidão na pesquisa realizada por usuários humanos.

PR/EH/SGPr

]

Fonte STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a Taxa Referencial (TR), responsável pela correção monetária de precatórios e do FGTS entre os anos de 1999 e 2013, como inconstitucional.

Todos os Servidores Públicos (Federal, Estadual e Municipal) têm direito ao saque integral do PASEP. Para obter o saldo do PASEP é preciso ingressar com Ação de Cobrança.

O segurado que possui inscrição no INSS em data anterior a 29/11/1999, tendo contribuições antes deste período, somado ao fato de que requereu o benefício após 29/11/1999, tem direito à revisão da vida toda.

O STF declarou constitucional a cobrança adicional de 10% sobre a multa do FGTS nos casos de demissão sem justa causa e negou pedido de uma empresa para restituição de valores pagos ao governo.

Diversos tribunais Brasileiros reconhecem a ilegalidade da cobrança do ICMS na conta de Energia elétrica, milhões de pessoas em todo o país tem direito a restituição, veja como buscas a restituição para seus clientes.

O STF decidiu que o ICMS não compõe a base de cálculo para a incidência do PIS e da Cofins. Entretanto, a Receita Federal continua exigindo das empresas o recolhimento do ICMS, sendo necessário entrar a Justiça para reaver valores pagos e impedir cobranças futuras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

STF - Superior Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal (STF) é a mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil e acumula competências típicas de Suprema Corte (tribunal de última instância) e Tribunal Constitucional (que julga questões de constitucionalidade independentemente de litígios concretos). Sua função institucional fundamental é de servir como guardião da Constituição Federal de 1988, apreciando casos que envolvam lesão ou ameaça a esta última.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

janela
Jusdecisum Informativo Jurídico
Logo