TSE declara Positivo Tecnologia vencedora da licitação das urnas UE2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) declarou, nesta segunda-feira (27), a empresa Positivo Tecnologia vencedora da licitação para a produção e fornecimento de até 176 mil urnas eletrônicas Modelo UE2022 que serão utilizadas a partir das eleições de 2024. O certame (Concorrência nº 03/2021), realizado por meio do sistema de registro de preços, também prevê outros produtos e serviços.

O anúncio do resultado foi feito pela presidente da Comissão Permanente de Licitação do Tribunal, Nathalia dos Santos Costa, em audiência pública realizada na sede da Corte Eleitoral, em Brasília. Nathalia informou que, após um período de negociação com a Positivo Tecnologia, o Tribunal aceitou o montante de R$ 1.179.662.728,72 proposto pela empresa.

Segundo ela, a proposta da Positivo Tecnologia foi acolhida levando-se em conta o atual cenário de crise mundial decorrente do desabastecimento de insumos eletrônicos e seus desdobramentos na cadeia produtiva e nos preços praticados.

Modernização

Conforme a licitação, além da produção das urnas, a Positivo Tecnologia será responsável por outros produtos e serviços. Esses últimos englobam o fornecimento de peças de reposição da UE2022, desenvolvimento dos modelos dos equipamentos e do software básico, garantia das urnas fabricadas, mídias de Aplicação e de Resultado. E também a elaboração do projeto para a embalagem das máquinas, documentos técnicos de especificação, bem como o treinamento, por meio de kits de desenvolvimento de firmwares.

Com a licitação, o Tribunal dá andamento ao processo de modernização do parque de urnas da Justiça Eleitoral e à complementação da quantidade do equipamento destinada a suprir o aumento do eleitorado. Em julho do ano passado, foram homologados contratos para a compra de urnas Modelo UE2020, cujos componentes já estão sendo fabricados em Manaus (AM).

Confira o edital da licitação.

AL/EM, DM

Leia mais:

20.10.2021 – Começa segunda fase da licitação para aquisição de novas urnas eletrônicas

15.10.2021 – TSE abre licitação para aquisição de novas urnas eletrônicas

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a Taxa Referencial (TR), responsável pela correção monetária de precatórios e do FGTS entre os anos de 1999 e 2013, como inconstitucional.

Todos os Servidores Públicos (Federal, Estadual e Municipal) têm direito ao saque integral do PASEP. Para obter o saldo do PASEP é preciso ingressar com Ação de Cobrança.

O segurado que possui inscrição no INSS em data anterior a 29/11/1999, tendo contribuições antes deste período, somado ao fato de que requereu o benefício após 29/11/1999, tem direito à revisão da vida toda.

O STF declarou constitucional a cobrança adicional de 10% sobre a multa do FGTS nos casos de demissão sem justa causa e negou pedido de uma empresa para restituição de valores pagos ao governo.

Diversos tribunais Brasileiros reconhecem a ilegalidade da cobrança do ICMS na conta de Energia elétrica, milhões de pessoas em todo o país tem direito a restituição, veja como buscas a restituição para seus clientes.

O STF decidiu que o ICMS não compõe a base de cálculo para a incidência do PIS e da Cofins. Entretanto, a Receita Federal continua exigindo das empresas o recolhimento do ICMS, sendo necessário entrar a Justiça para reaver valores pagos e impedir cobranças futuras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
TSE - Tribunal Superior Eleitoral

TSE - Tribunal Superior Eleitoral

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é a instância jurídica máxima da Justiça Eleitoral brasileira tendo jurisdição nacional. As demais instâncias são representadas pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE), juízes eleitorais e Juntas Eleitorais, nos momentos de eleição, espalhados pelo Brasil.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

janela
Jusdecisum Informativo Jurídico
Logo