TST entregará comendas da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho em 1º de dezembro

A solenidade será realizada de forma presencial. O uso de máscaras e o respeito ao distanciamento social serão obrigatórios.

Comendas da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Comendas da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

23/11/21 – O Tribunal Superior do Trabalho (TST) realizará, em 1º de dezembro, a cerimônia de outorga da Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho de 2021 (OMJT). A homenagem é concedida às instituições e às personalidades que se destacam no exercício de suas profissões ou pelos serviços prestados à sociedade e à Justiça do Trabalho. O evento será transmitido ao vivo pelo canal do TST no YouTube, a partir das 17h.

Este ano, a solenidade será presencial, na área externa do tribunal,T com respeito a todas as normas de segurança sanitária. Apenas convidados e imprensa poderão acessar o local, e estão previstos o uso obrigatório de máscaras, a aferição de temperatura, bem como a manutenção do distanciamento social.

Agraciados 

Na solenidade, serão agraciadas 38 personalidades. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux, e o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, receberão a comenda no grau Grão-Colar. O ministro do STF Nunes Marques será homenageado com a medalha Grã-Cruz. 

Outros laureados serão: a primeira-dama da República Federativa do Brasil, Michelle Bolsonaro; os presidentes do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, e do Superior Tribunal Militar (STM), Luís Carlos Gomes Mattos; o procurador-geral da República, Augusto Aras; e o advogado-geral da União, Bruno Bianco Leal.

A Sociedade Beneficente de Senhoras- Hospital Sírio Libanês será a instituição homenageada. Fundada em 28 de novembro de 1921, a entidade foi a principal responsável pela construção e pela fundação do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo (SP). A lista completa de agraciados pode ser conferida ao final desta reportagem.  

Ordem do Mérito

A Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho (OMJT) é concedida anualmente em seis graus: Grão-Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. As indicações dos agraciados são feitas pelos ministros do TST e pelo Conselho da OMJT, que analisa os nomes indicados e define a lista anual.

O conselho é formado pela presidente e pelo vice-presidente do TST, pelo corregedor-geral da Justiça do Trabalho, pelo ministro decano e por mais dois ministros indicados pelo Órgão Especial.

Em 2020, a tradicional solenidade não foi realizada, em razão da suspensão das atividades presenciais no TST, como forma de combate à disseminação do coronavírus. No ano passado, a OMJT completou 50 anos de criação.

Credenciamento de imprensa 

Os veículos de comunicação e profissionais de imprensa que desejarem cobrir o evento deverão fazer credenciamento prévio com a Secretaria de Comunicação Social do TST (Secom).

É preciso enviar mensagem eletrônica para o endereço [email protected] com as seguintes informações: nome do veículo; nome completo de todos os profissionais da equipe; números de RG e CPF de todos da equipe; cópia digitalizada do contrato de trabalho ou da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), para comprovar o vínculo de trabalho com a empresa de comunicação. 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 3043-4907.

Serviço:
Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho (TST)
1º de dezembro, a partir das 17h
Transmissão ao vivo: canal do TST no Youtube

(AM/RT)

Leia mais:  

10/8/2020 – Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho completa 50 anos


Fonte: TST – Tribunal Superior do Trabalho

O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a Taxa Referencial (TR), responsável pela correção monetária de precatórios e do FGTS entre os anos de 1999 e 2013, como inconstitucional.

Todos os Servidores Públicos (Federal, Estadual e Municipal) têm direito ao saque integral do PASEP. Para obter o saldo do PASEP é preciso ingressar com Ação de Cobrança.

O segurado que possui inscrição no INSS em data anterior a 29/11/1999, tendo contribuições antes deste período, somado ao fato de que requereu o benefício após 29/11/1999, tem direito à revisão da vida toda.

O STF declarou constitucional a cobrança adicional de 10% sobre a multa do FGTS nos casos de demissão sem justa causa e negou pedido de uma empresa para restituição de valores pagos ao governo.

Diversos tribunais Brasileiros reconhecem a ilegalidade da cobrança do ICMS na conta de Energia elétrica, milhões de pessoas em todo o país tem direito a restituição, veja como buscas a restituição para seus clientes.

O STF decidiu que o ICMS não compõe a base de cálculo para a incidência do PIS e da Cofins. Entretanto, a Receita Federal continua exigindo das empresas o recolhimento do ICMS, sendo necessário entrar a Justiça para reaver valores pagos e impedir cobranças futuras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

TST

Com sede em Brasília-DF e jurisdição em todo o território nacional, é órgão de cúpula da Justiça do Trabalho, nos termos do artigo 111, inciso I, da Constituição da República, cuja função precípua consiste em uniformizar a jurisprudência trabalhista brasileira. O TST é composto de vinte e sete Ministros.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

janela
Jusdecisum Informativo Jurídico
Logo