Confira o resultado das eleições suplementares deste domingo (3)

Dezenove municípios brasileiros têm novos prefeitos e vice-prefeitos, escolhidos em eleições suplementares realizadas no último domingo (3). As candidatas e os candidatos eleitos ocuparão os cargos até 31 de dezembro de 2024.

Os pleitos suplementares ocorrem sempre que há decisão da Justiça Eleitoral transitada em julgado que tenha como resultado o indeferimento do registro de candidatura, a cassação do diploma ou a perda do mandato da chapa eleita. A regra está prevista no artigo 224 do Código Eleitoral.

Foram realizadas eleições suplementares nos municípios de Firmino Alves (BA); Juazeiro do Piauí (PI); Goianésia do Pará (PA); Capoeiras e Palmeirina (PE); Paranhos (MS); Mendonça (SP), São Lourenço da Serra (SP), Mineiros do Tietê (SP), Guaíra (SP), Apiaí (SP), Campina do Monte Alegre (SP), Itaoca (SP), Piacatu (SP), Santo Antônio do Jardim (SP), Trabiju (SP), Anhembi (SP), Cajati (SP) e Angatuba (SP).

Resultados

Em Firmino Alves (BA), foi eleita a chapa composta por Fabiano de Jesus Sampaio e Isaac Barreto dos Santos Filho, ambos do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Eles receberam 50,85% dos votos válidos apurados no município baiano.

Já em Juazeiro do Piauí (PI), José Wilson Pereira Gomes (PC do B) e José Felipe de Oliveira Neto (Republicanos) foram os candidatos mais votados para ocupar a Prefeitura municipal, com 61,85% dos votos válidos.

Francisco David Leite Rocha (MDB) e Welliton Ferreira Orbano (PSC) são os novos prefeito e vice-prefeito de Goianésia do Pará (PA). A chapa obteve 52,79% dos votos válidos apurados no município paraense.

Em Capoeiras (PE), Joaquim Costa Teixeira (PSB) e Cícero Pereira da Silva (Republicanos) receberam 52,67% dos votos válidos e foram escolhidos para exercer os mandatos de prefeito e vice-prefeito do município.

Thatianne Pinto Macedo Lima e Francisco Caetano da Silva, ambos do Solidariedade, foram eleitos com 57,52% dos votos válidos para comandar a chefia do Executivo do município de Palmeirina (PE).

Com 50,43% dos votos válidos, eleitoras e eleitores de Paranhos (MS) escolheram a chapa composta por Donizete Aparecido Viaro (MDB) e Cleber Valiente (MDB) como prefeito e vice-prefeito municipais.

O eleitorado de 13 cidades do Estado de São Paulo voltou às urnas para escolher novos representante. Em Itaoca (SP), a chapa única composta por Antonio Carlos Trannin e Aluizio Ribas de Andrade, ambos do partido Democratas (DEM), foi eleita para ocupar a Prefeitura municipal até dezembro de 2024.

Para conferir o resultado das eleições suplementares de todos os municípios brasileiros acesse a página Resultados.

Mais informações sobre candidaturas podem ser encontradas no sistema DivulgaCandContas.

Leia mais:

01.10.2021 – Eleitores de 19 municípios voltam às urnas neste domingo (3)

BA/CM

O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a Taxa Referencial (TR), responsável pela correção monetária de precatórios e do FGTS entre os anos de 1999 e 2013, como inconstitucional.

Todos os Servidores Públicos (Federal, Estadual e Municipal) têm direito ao saque integral do PASEP. Para obter o saldo do PASEP é preciso ingressar com Ação de Cobrança.

O segurado que possui inscrição no INSS em data anterior a 29/11/1999, tendo contribuições antes deste período, somado ao fato de que requereu o benefício após 29/11/1999, tem direito à revisão da vida toda.

O STF declarou constitucional a cobrança adicional de 10% sobre a multa do FGTS nos casos de demissão sem justa causa e negou pedido de uma empresa para restituição de valores pagos ao governo.

Diversos tribunais Brasileiros reconhecem a ilegalidade da cobrança do ICMS na conta de Energia elétrica, milhões de pessoas em todo o país tem direito a restituição, veja como buscas a restituição para seus clientes.

O STF decidiu que o ICMS não compõe a base de cálculo para a incidência do PIS e da Cofins. Entretanto, a Receita Federal continua exigindo das empresas o recolhimento do ICMS, sendo necessário entrar a Justiça para reaver valores pagos e impedir cobranças futuras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

TSE - Tribunal Superior Eleitoral

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é a instância jurídica máxima da Justiça Eleitoral brasileira tendo jurisdição nacional. As demais instâncias são representadas pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE), juízes eleitorais e Juntas Eleitorais, nos momentos de eleição, espalhados pelo Brasil.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

      Deixe uma Comentário

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

      janela v3.3
      Jusdecisum Informativo Jurídico
      Logo