Advogar em Portugal – Quanto pode ganhar um advogado Brasileiro em Portugal ?

\"\"

Muitos advogados com carreiras já consolidadas no Brasil têm o sonho de mudar de país com a família, buscar mais tranquilidade, qualidade de vida e continuar trabalhando na sua área de atuação. Hoje vamos te mostrar como é possível advogar em portugal.

Advogar em portugal – Documentos para inscrição na Ordem dos Advogados Portugueses (OAP)

São necessários alguns documentos e o pagamento de € 300 para a inscrição na Ordem dos Advogados Portugueses para advogar em portugal. Para a documentação no país europeu é necessário:

  • Certidão da OAB;
  • Certificado de conclusão de curso de Direito;
  • Inscrição na OAB (cópia do processo);
  • Fotos 3×4;
  • Certidão de nascimento;
  • Carteira de Identidade de Advogado;
  • Passaporte válido;
  • Certificado de antecedentes criminais no Brasil;
  • Certificado de antecedentes criminais em Portugal.

*Para requerer a inscrição na OAP, o advogado brasileiro não pode ter sofrido nenhuma condenação em processo disciplinar na Ordem dos Advogados no Brasil.

Link da OAP:  https://portal.oa.pt/

Quanto ganha um advogado em Portugal ?

O advogado interessado em advogar em Portugal tem como um de seus principais interesses se informar sobre a remuneração dos profissionais naquele país. Mas afinal, quanto ganha um advogado em Portugal? Os salários de um advogado em Portugal variam de acordo com a cidade e com o tamanho do escritório.

Um advogado formado e com registro na Ordem começa a ganhar entre € 800 e € 1000 por mês em um escritório de advocacia renomado.

Advogados experientes podem ganhar bastante

Já um advogado com mais tempo de experiência em um escritório recebe em média € 2.109,00. Mas, é claro, que advogados renomados em Portugal ganham muito mais do que isso, quem tem mais de 10 anos de profissão e trabalha em uma sociedade chega a ganhar € 8.000,00.

Autorização para morar em Portugal

Os advogados brasileiros que queiram advogar em Portugal não carecem da apresentação do Título de Residência se um profissional de Portugal (registrado na Ordem dos Advogados Portugueses) se responsabilize pelo seu trabalho e informe o seu endereço de escritório profissional.

Advogar em Portugal Trabalho para advogados brasileiros.

Começar a vida em país novo não é uma tarefa simples. Diferentemente do seu país de origem, as pessoas não te conhecem, você não tem colegas que estudaram com você, ainda não tem uma reputação construída e é preciso recomeçar.

A retomada da carreira em Portugal pode ser um processo lento e depende muito dos seus contatos, experiência e habilidades. Essa experiência é única e varia de pessoa para pessoa.

É preciso ter uma boa reserva financeira para se manter pelo menos no primeiro ano, até que as coisas se ajeitem e você comece a trabalhar. O mercado de advocacia em Portugal não está em alta e é um carreira que depende muito dos seus contatos e indicações (assim como no Brasil).

Outra coisa para se levar em consideração é que os portugueses não costumam processar por pequenas causas, como acontece no Brasil. A maior parte dos problemas são resolvidos amigavelmente, ou com o registro de uma reclamação no livro de reclamações (obrigatório nos estabelecimentos em Portugal). Isso faz com que não exista um volume muito grande de pequenos processos.

1 comentário em “Advogar em Portugal – Quanto pode ganhar um advogado Brasileiro em Portugal ?”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também!