O cronograma de mediação proposto pelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Renato de Lacerda Paiva, foi aceito pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) e pelas empresas aéreas. Com isso, a atual Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), cuja vigência se encerraria nesta sexta-feira (30), foi prorrogada até 14/12.

A aceitação do cronograma garante a continuidade dos serviços prestados à população e proporciona um ambiente mais tranquilo para as partes chegarem a um acordo, pois assegura a manutenção de benefícios como o passe-livre, as diárias e o auxílio-alimentação previstos na CCT. A convenção também normatiza as escalas de trabalho dos pilotos e estabelece outras condições de trabalho.

Ao propor o cronograma, o vice-presidente do TST se comprometeu a apresentar a proposta de acordo na próxima quarta-feira (5).

(JS/CF)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.