O Supremo Tribunal Federal (STF) vai apoiar a Liga do Bem, entidade assistencial que tem coletado doações para afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul. No último domingo (12), o ministro Gilmar Mendes visitou as instalações do local que concentra as doações da Liga do Bem.

Os materiais que forem deixados no STF, em frente ao restaurante, a partir desta segunda-feira (13), serão remetidos para o Senado Federal, onde voluntários da Liga do Bem fazem separação e organização antes do envio para as cidades atingidas.

Além disso, também é possível doar por meio do pix [email protected], para a compra de itens necessários aos desabrigados.

Os organizadores destacam que já foram arrecadadas grandes quantidades de roupas e que, neste momento, apenas roupas de bebê ou tamanho GG são necessárias.

Confira abaixo, os materiais mais necessários para envio ao Rio Grande do Sul:

– Água
– Cobertores
– Colchões
– Toalhas
– Lençóis
– Fraldas de bebê e geriátricas
– Absorvente
– Itens de higiene pessoal
– Itens de limpeza
– Baldes e vassouras
– Roupa íntima nova de quaisquer tamanhos
– Roupas de bebê
– Roupas tamanho GG
– Ração para animais

As doações estão sendo enviadas ao Rio Grande do Sul pela Força Aérea Brasileira (FAB), mas quem tiver outros meios de escoar as doações pode entrar em contato com Rafael (WhatsApp 61-99514-1331) ou diretamente com a Liga do Bem (61-3303-1127).

 Foto: Acervo pessoal  

Com informações do STF

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.