Adote um Coração: um Dia das Crianças mais feliz para os filhos dos colaboradores do TRE-RS

Há cinco anos, um evento mais do que especial é o centro da atenção do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) durante o mês de outubro. É o projeto Adote um Coração, criado em 2016 pela desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro, que ocupava, na época, a Presidência da Corte Eleitoral gaúcha.

Para dar vida à ideia da magistrada, meses antes da data em que é comemorado o Dia das Crianças, as servidoras Magda Rosane Cyrne da Cunha, Luciana Arenhart Santos e Luciane Regina Gasperin, da Assessoria de Comunicação e Cerimonial, dedicam-se a um trabalho minucioso para garantir que tudo transcorra bem.

No começo, o Adote um Coração compreendia apenas a arrecadação de brinquedos que seriam doados às crianças. “Na época em que fui removida para o TRE-RS, eram distribuídos cartões com idade e nome da criança. Os servidores compravam presentes e deixavam na Assessoria de Comunicação, que os entregava aos terceirizados”, conta a servidora Magda Rosane, uma das responsáveis pelo evento.

Com o passar do tempo, o projeto cresceu e virou uma verdadeira festa dentro das dependências da Corte Eleitoral gaúcha, com coffee break e programação especial para as crianças e para os colaboradores. “Desde 2019, a Presidência do Tribunal participa e, em 2020, os secretários começaram a vir também”, comemora.

Para estruturar o evento, uma preparação cuidadosa de todas as atividades é feita com bastante antecedência pelas servidoras, que contam também com o apoio logístico dos setores de Administração e de Segurança do Tribunal. Tudo isso para que seja oferecido, além dos presentes e dos lanches servidos aos convidados, um meio de transporte para que os participantes possam chegar até o TRE-RS com tranquilidade.

“Combinamos um local central para buscar as pessoas e, para garantir que elas possam chegar até lá, arrecadamos o dinheiro das passagens com colegas. Todos colaboram, inclusive os juízes”, diz Magda.

Ano de pandemia

A pandemia de Covid-19 e as restrições para minimizar o contágio pelo novo coronavírus impuseram uma mudança ao projeto, que precisou voltar ao formato original, que não contemplava a visita das crianças ao prédio do Tribunal. Mas isso não desanimou as servidoras, que uniram forças para levar a alegria aos filhos dos colaboradores da Casa. Em 2020, 84 crianças foram atendidas pela iniciativa.

“Devido à pandemia, Luciana, Luciane e eu fomos até os funcionários entregar os presentes e os lanches para serem levados até as crianças”, relatou a servidora.

O início da vacinação contra a doença trouxe esperança para um Dia das Crianças mais feliz em 2021. Animada, Magda adianta que o planejamento deste ano, feito em conjunto com as colegas Luciana e Luciane, está a pleno vapor. “A ideia é trazer animadores. Pensamos em um grupo de teatro da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)”, revelou.

Este texto faz parte da série “Nós somos a Justiça Eleitoral”, que vai mostrar a todos os brasileiros quem são as pessoas que trabalham diariamente para oferecer o melhor serviço ao eleitor. A série será publicada durante todos os dias de fevereiro, mês em que se comemora o aniversário de 89 anos de criação da Justiça Eleitoral.

BA/LC, DM

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é a instância jurídica máxima da Justiça Eleitoral brasileira tendo jurisdição nacional. As demais instâncias são representadas pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE), juízes eleitorais e Juntas Eleitorais, nos momentos de eleição, espalhados pelo Brasil.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

janela
Logo